comnazare

espiritualidades


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Louvado sejas por Jesus Cristo e pelo acontecimento da Salvação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Deus Santo,
Louvado sejas por Jesus Cristo e pelo acontecimento da Salvação.

Ao ressuscitar, Jesus passou da face exterior da realidade para a sua face interior, isto é, para a dimensão na qual acontece a Comunhão Universal que é a vossa Família!

A face interior é constituída pelas coordenadas da Divindade,
a universalidade e a equidistância.
Com a sua ressurreição, Jesus Cristo venceu a morte para si e para nós,
pois ele faz um todo orgânico e dinâmico com a Humanidade.
Na véspera da sua passagem para a face interior da realidade,
Jesus prometeu-nos que nós habitaríamos para sempre com ele na Festa do Vosso Reino.Por outras palavras, como temos parte na sua ressurreição,
Jesus garantiu-nos que temos habitação garantida na Comunhão da Vossa Família.
Eis as palavras da promessa de Jesus, pouco antes de partir para o Pai:"Não vos deixarei órfãos, pois eu voltarei a vós (...).
Nesse dia compreendereis que eu estou no meu Pai,
vós em mim e eu em vós" (Jo 14, 18-20).
Esta maneira de falar de Jesus quer dizer que seremos assumidos
de modo orgânico na Comunhão Divina.

A promessa de Jesus também nos dá a certeza de que os nossos seres queridos
que, pelo parto da morte, nasceram para a plenitude da Vida Eterna,
estão perto de nós.
Com efeito, nas coordenadas da universalidade e da equidistância,
já não há lonjura, mas sim omnipresença a tudo e a todos.
Esta omnipresença acontece para nós a partir de dentro,
pois o vosso reino é a interioridade máxima da realidade.
Obrigado, Deus Santo, pois não há distância nem lonjura
entre nós e a Comunhão Universal do vosso Reino!
Com efeito, no ponto onde termina a nossa interioridade espiritual limitada
começa a interioridade espiritual ilimitada da Comunhão Universal Vossa Família.O animador desta comunhão orgânica universal é o Espírito Santo.
Eis a razão pela qual ele está sempre à porta do nosso coração.
Sempre que, pela Fé e pelo Amor, abrimos a porta do Coração,
o Espírito Santo introduz-nos na onda da Comunhão Universal do vosso Reino.
É esta a Nova Criação reconciliada com Deus em Cristo,
como diz São Paulo (2 Cor 5, 17-19).
Este dom teve início com o mistério da Encarnação
e atingiu a plenitude com a ressurreição de Cristo.
Através da Encarnação o Divino enxertou-se no Humano, a fim de este ser divinizado.No momento em que Jesus ressuscitou,
a dinâmica do Natal que até então só habitava o coração de Jesus,
passou a habitar o coração de todos os seres humanos
que formam a união orgânica universal.
A Salvação, portanto, consiste na divinização da Humanidade,
a qual acontece pela incorporação das pessoas humanas
na Comunhão Familiar das Pessoas Divinas.
Por outras palavras, somos assumidos na Família da Santíssima Trindade
como filhos em relação a Deus Pai e como irmãos em relação a Deus Filho.

Os dois pilares da dinâmica da Salvação são, portanto, o Natal e a Páscoa.
A seiva que vivifica e robustece esta união humano-divina é o Espírito Santo,
o Sangue da Nova e Eterna Aliança.
É este mistério que os cristãos celebram na Eucaristia,
de modo particular no rito da comunhão do Pão e do Vinho consagrados.Nesse momento, os crentes exprimem e procuram reforçar
esta união orgânica com Cristo,
crescendo como Corpo de Cristo como diz São Paulo:
"Comemos do mesmo pão porque fazemos um só Corpo" (1 Cor 10, 17).
O Espírito Santo é a Carne e o Sangue de Jesus ressuscitado.
É ele que alimenta a nossa união com o Cristo
e faz de nós participantes da sua ressurreição.
Eis as palavras de Jesus a este respeito:
"Quem come a minha carne e bebe o meu sangue fica a morar em mim e eu nele.
Assim como o Pai que me enviou vive e eu vivo pelo Pai,
assim também aquele que come a minha carne e bebe o meu sangue
viverá por mim" (Jo 6, 56-57).
Ao comerem o Pão e beberem o Vinho da Eucaristia,
os cristãos estão a afirmar que é no interior da pessoa humana
que acontece a união e a interacção que nos diviniza.
Louvada sejais, Trindade Santa, pelo mistério da Encarnação e da Ressurreição de Cristo!




Em Comunhão Convosco
Calmeiro Matias

no blog Derrotar montanhas

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum