comnazare

espiritualidades


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Encontrar o Caminho, a Verdade e a Vida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Supostamente, sendo a igreja alimentada pelo Espirito deveria ser perfeita e no seu exemplo deveria mostrar a magnitude da vida de Jesus através de actos concretos. Nem sempre assim é, pois a igreja é humana e os homens buscam e na sua busca também erram. O mesmo se passa com as escrituras biblicas, são relatos desta experiência humana com Deus, uma relação nem sempre fácil, onde Deus misericordioso e paciente nos vai moldando e ensinando a abraçar a verdade das verdades, o amor pleno, o amor eterno. A vida é um processo complexo onde dificilmente morremos para nós mesmos e onde dificilmente deixamos de parte o nosso orgulho exagerado e o nosso egoismo. A vida é assim um caminho, um caminho onde nos vimos lançados ao mundo desnudos, sem nada. Olhamos em volta e o nosso ser quer buscar um sentido, o nosso coração sabe que esse sentido existe mas não vimos de forma clara para que busquemos esse sentido por nós mesmos. É então que tomamos muitos caminhos errados, que nos podem dar sentido mas cujo sentido se vai desvanecendo. A vida é uma longa caminhada no escuro, buscamos, procuramos mas nem sempre encontramos e voltamos a procurar, a querer encontrar um sentido consolador das nossas dores.

Felizmente que Deus tem lançado muitas luzes ao mundo e nestas luzes os homens se têm guiado na certeza de que é no amor que está o sentido buscado, falando com as diversas religiões podemos ter uma compreensão do caminho que cada homem precisa de percorrer, ou pelo menos de parte dele. Mas Jesus Cristo foi talvez o que mais mostrou este caminho, trazendo ao mundo um exemplo de vida que arrepia, que confunde, que alerta, que aponta em sentido contrário ao nosso orgulho exagerado e ao nosso egoismo. Jesus vai ao ponto de nos dizer que para alcançar a felicidade e o verdadeiro sentido existêncial temos que morrer para nós mesmos e buscar no amor a vida em abundância. As palavras de Jesus dos evangelhos, cortam-nos, vão contra os nossos instintos egocêntricos, apresentam uma transformação que consiste no abdicar de nós. Não é por acaso que o verdadeiro cristianismo ainda é utopia na humanidade, custa muito percorrer este caminho, que no fundo sabemos ser o unico mas que vai contra as nossas expectativas. É que não é fácil mudarmos totalmente, não é fácil porque temos de sair da lógica egoista do mundo e podemos acabar por ser lezados por um mundo que não compreende a nossa nova vida. É dificil levar a paz a um mundo de ódio pois o nosso instinto diz-nos para responder ao ódio com ódio e Jesus veio dizer que só pelo amor se pode trazer paz. Deus deixa-nos livres nestes dilemas, porventura houve guerras necessárias, se calhar continua a haver guerras necessárias, não sei nem quero entrar por aí, mas é tempo de procurar outros caminhos, caminhos de dialogo, caminhos de paz, pois só pela paz podemos alcançar a paz.

É nos pedido que nos renovemos totalmente e radicalmente, passando do instinto egoista para uma lógica do amor e segundo Jesus não poderemos alcançar a verdadeira felicidade enquanto não nos convertermos, enquanto não pusermos a lógica do amor acima das nossas paixões. A vida torna-se assim maturação, crescimento, um percurso que vai da escravidão à plena liberdade do amor incondicional. Dificil? Sim é, mas se não o fosse não poderiamos dizer que era por nós mesmos que aderiamos à felicidade, se fossemos santos por medo de sofrer ou por medo de um castigo não estariamos a aderir verdadeiramente à felicidade, assim é preciso percebermos na nossa profundidade que a luz de Deus é o caminho, a verdadeira felicidade. É preciso percebermos dentro de nós onde está a verdade. É preciso experimentarmos as trevas da tristeza e a amargura da vida para podermos ter sede e nessa sede encontrar finalmente a Água Viva, não uma água qualquer mas uma água que se transforma em fonte para sempre a jorrar. Jesus é o Bom Pastor, que nos guia, tentando imitar os seus passos descobriremos passos de vida, de verdade e justiça, lendo na sua vida encontraremos a nossa, comtemplando a sua luz encontraremos a nossa alma, livre de tudo o que a aprisiona.

Façamos esta caminhada interior de renovação, as pistas há muito que foram lançadas ao mundo, são as pégadas que outros vão deixando, pégadas de santidade, pégadas santas que conduzem ao Santo dos Santos. Jesus foi o que pisou o caminho de forma mais clara e outros, à sua maneira, tem seguido estas pégadas, têm errado, têm voltado atrás e muitos têm conseguido deixar as suas marcas no mundo, marcas que nos apontam o Pai... É isto que nos é pedido, que busquemos, que nos libertemos e que sirvamos para libertar outros. Se pisarmos errado, voltemos atrás sem vergonha, pois revelar onde está o erro também é pista para a verdade.

Renova-te!

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum