comnazare

espiritualidades


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

2º dia do retiro .-.Fraternidades monásticas de Jerusalém

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

I parte

Felizes os mansos,porque herdarão a terra (Mat 5,4)

No segundo dia do nosso retiro,defrontamo-nos com a bem-aventurança que é talvez a mais oposta aos valores da nossa sociedade.É de alguma forma a bemaventurança do anti-êxito:ora nós temos tendência a promover a competição,a luta para ter um "estatuto",mesmo a agressividade e assim é facil confundir a doçura com a fraqueza ou a incapacidade em se defender ou em se afirmar.É ainda mais surpreendente que seja prometida a terra ,aos que parecem bem incapazes de a conquistar.


No entanto,se olhamos para Jesus ,Ele que se definiu como "manso e humilde de coração"(Mt 11,29)vimos que mansidão não se confunde com a lassidão ou impotência.Pelo contrário,Jesus trata com doçura todos os que se aproximam Dele,desde os pecadores que ele levanta,té a Judas que chama de amigo.(Mt 26,50),mas sabe também "falar como homem que tem autoridade"(Mc 1,27); expulsa os demónios e manda nos ventos e no mar.Discute com os escribas e responde firmemente ao grande sacerdote:" Se eu falei mal,diz-me em quê,mas se falei bem porque me bates"(Jo 18,22).Mas não responde aos insultos,nem às pancadas.E ensina os discipulos a não molestarem ,nem sequer a injuriarem um irmão(Mt 5,22)e "não resistais ao mau"(5,39)


Prega a não violência e o amor dos inimigos (Mt 6,44)e impede Pedro de o defende com a espada.Longe de ser uma marca de fraqueza a sua extrema doçura não pode jorrar se não do Seu todo poder.Que fazer então para entrar na via desta bemaventurança da mansidão?Certamente é preciso renuncaiar às armas da violência,da agressividade,até talvez mesmo à mordidura da ironia.É preciso procurar não se colocar na ordem das coisas onde imperam as relações da força ;mas naquela onde o espirito é regido pela persuasão e pela caridade.



A mansidão inclui uma capacidade de adaptação ao real que aceita não o ajustar imediatamente ao nosso desejo,mas,sim, acolhê-lo e assumi-lo com humildade.O segundo momento desta receita que é em primeiro lugar de ordem espiritual é que vai transformando,pouco a pouco,as relações.





Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum